Wandarádar Fregnerbrun

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Wandarádar Fregnerbrun

Mensagem por Wandarádar Fregnerbrun em Dom Ago 02, 2015 10:56 pm

Nome: Wandarádar Fregnerbrun
Data de Nascimento: 24/12/2012
Dia da Mudança: 10/9/2014
Raça: Lupus
Tribo: Cria de Fenrir
Augúrio: Ahroun
Nome da Matilha:
Totem da matilha:
Caern: Stonehenge
Mentor:

Resumo da vida

Nasceu em uma ninhada de 6 filhotes, extremamente normal, se não fosse pelo fato de sua mãe ser um Garou. Wandarádar foi o único que herdou a missão de sua mãe, mas isso era completamente irrelevante durante sua infância. Sua mãe chegou a ficar com ele e seus irmãos por 2 meses, porém assim que ficaram grandes o suficiente para se juntarem a matilha, mesmo que na área dos filhotes sua mãe sumiu no mundo. Anos depois Wandarádar descobriria que sua mãe saíra em defesa da matilha de seu amado, pai de Wandarádar, e alcatéia, contra uma criatura da Wyrm chamada Grande-Devora-Lupus.

Wandarádar e seus irmãos ficaram desmamados antes do tempo normal devido ao sumiço de sua mãe e por isso não se desenvolviam como outros filhotes. Éramos deixados para trás e só podemos nos juntar as caçadas como observadores, quando os demais já estavam em ação.

Após Wandarádar e seus irmãos serem finalmente inseridos na matilha sua vida correu o mais normal possível, para alguém que fora abandonada pela mãe, coisa que é inédita na vida selvagem. Após iniciar sua vida ativa na matilha, Wandarádar automaticamente assumiu um posto de destaque. Seus botes eram certeiros, considerando que era um lobo tão jovem. Não demorou muito para ser indicado ao posto de líder líder na caçada. Seus irmãos por outro lado, ainda sofriam das desnutrição outrora sofrida pela ausência da mãe.

Ao alcançar a maturidade sexual, Wandarádar chamava bastante a atenção das fêmeas, porém a fêmea Alfa era quem ele desejava. Este sentimento não é comum entre os lobos, aliás, entre animal algum. Sentir desejo sobre algo é uma característica de homem e não de animal. Wandarádar notou que tinha algo de diferente dentro de si, mas antes de poder descobri por si, à fêmea alfa revelou-se ser uma grande loba (Garou) transformando-se em Hispo a sua frente e levando o jovem lobo para ter uma conversa a sós.

Ela apresentou-se como Estraçalha-Ossos e ela fazia parte de uma família chamada Cria de Fenris, assim como minha mãe. Ela era a observadora e esteve na matilha desde o tempo em que a mãe ficara prenha. Ela achava que já estava na hora da primeira mudança e estava certa no palpite, pois naquele inverno Wandarádar enquanto desempenhava seu papel de alfa da matilha corria pela neve atrás de uma presa particularmente difícil, quando de repente...

Resumo da primeira mudança

A primeira mudança ocorreu em meio a uma caçada. Após um bote, que pela primeira vez dera errado, Wandarádar ficará furioso. Nunca errada um bote em sua vida, aliás esse era o motivo por ter se tornado o Alfa. Como uma presa teria a coragem para fazê-lo de bobo desta maneira?

Wandarádar levantou-se em um pulo e em pleno ar, seu corpo explodiu em uma transformação que espantou até mesmo os mais velhos da matilha. O que antes já era um lobo grande para a sua idade transformou-se em um enorme logo, com dentes que não cabiam na boca e pernas grossas como de um alce. Após a mudança, foi extremamente fácil e rápido alcançar a presa e finaliza-la. O resto da matilha ficaria com os restos, se não estivessem assustados com a violência do ataque, que despedaçou o bicho em dezenas de pedaços.

A vida na matilha não foi a mesma após a mudança, mas para sua sorte, ou não, Wandarádar não precisou convivier muito tempo com seus parceiros, pois Estraçalha-Ossos apareceu novamente e o levou embora definitivamente. Nunca mais Wandarádar viria seus irmãos, pelo menos era assim que ele pensava.

Resumo após a mudança

Após a mudança Wandarádar foi levado até um lugar místico que eles chamam de Caern e lá pode finalmente conhecer sua verdadeira mãe. Ela se chamava Lança-Veloz e era considerada uma grande barda e guerreira dentro da seita. Wandarádar era o filhote que mais nutria pensamentos ruins com relação ao abandono, mas após ouvir atentamente sua mãe, compreendeu que foi necessário o abandono. Descobriu também que nunca estivera sozinho, já que sua mãe o vigiava de longe as vezes e dentro da matilha de lobos havia a amiga  Estraçalha-Ossos para protegê-lo. Descobriu também o motivo pelo qual fora abandonado com seus irmãos. Sua mãe protegeu a matilha de um devorador de lobos. Criatura da Wyrm que devora lobos antes que eles procriem com Garous. Ficou ferida gravemente e precisou de algumas semanas para se recuperar, e a partir desta data não conseguiu voltar devido uma nova missão.

Wandarádar aprendeu um pouco mais sobre a cultura Garou com sua mãe, entre elas sobre a lua sobre qual nasceu e o que ela representa. Ensinou sobre a Gnois e os Caern, reforçando o que Estraçalha-Ossos já havia lhe ensinado. Gaia já estava em seu coração. Não foi necessário muita explicação. Wandarádar aprendeu pela primeira vez sobre os Crias de Fenris e o que eles representam. Ouviu várias histórias sobre a glória dos Crias de Fenris em todos os cantos do mundo. Descobriu que ele é o primeiro Garou macho em 5 gerações e lhe ensinou como mudar para as formas mais extrema para um Garou Pupino. A forma de homem. “- Quero ver como você é em forma de homem meu filho” Disse Lança-Veloz e após ver seu filho conseguir disse seu nome de homem “Wandarádar, filho de Fregnerbrun Lança-Veloz”. O jovem lobo não entendeu metade do que a mãe disse, mas ficou empolgada por ela lhe ter dado algo finalmente.

Infelizmente para o jovem esse encontro não durou muito, pois sua mãe saiu em mais uma missão e desta nunca mais regressou, assim como o resto de sua matilha. A missão era em uma cidade humana chamada Londres, uma missão conjunta com o Caern Stonehenge. As ultimas palavras de suas mãe foram para que se algo acontecesse com ela, era para ela procurar por Protetor-Voraz em Stonehenge, pois ela não confiava inteiramente nos machos de sua seita.

Personalidade

Wandarádar é curioso, como qualquer filhote, mas isso não quer dizer que ele se interesse por qualquer coisa, principalmente do mundo humano. Ele apenas gosta de saber das coisas. Ele sabe escrever com runas, mas ainda não consegue falar seu nome humano, mas não gosta quando os outros o erram. Não gosta de usar calçados e não entende pensamentos mundanos como pudor ou etiqueta. Demora para confiar em alguém, normalmente é necessário alguma prova de valor, porém uma vez conquistado seu respeito, ele o seguirá até o fim.

Itens Pessoais
Possui um cinto de couro de jacaré, com runas entalhadas nele. Possui também um bracelete de prata, que fica sobre uma fita de couro de bodé. Além disto tem a roupa do corpo que está dedicada ao talismã.

Motivo para estar em Londres

Encontrar seu contato Æsbiorn Protetor-Voraz. Descobrir o que ocorreu com sua mãe e vingá-la.
avatar
Wandarádar Fregnerbrun

Mensagens : 127
Data de inscrição : 01/08/2015
Idade : 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum